Notícias | Dia a dia
Biografista de Nadal acredita que final está próximo
29/07/2020 às 08h29

Madri (Espanha) - Autor de uma das biografias sobre Rafael Nadal, o jornalista Ángel García Muñiz fez um balanço da carreira do tenista espanhol no programa La Noche de Arjona da Rede COPE e afirmou acreditar que o fim da carreira do atual número 2 do mundo não deverá demorar muito tempo mais para chegar.

“O fim está próximo, talvez mais 2, 3 ou 4 anos. Não acho que será muito mais”, disse García Muñiz, que lembrou o destaque que Nadal já teve desde pequeno no tênis. “Aos 14 anos ele venceu um campeão de Wimbledon, aos 15 o seu primeiro jogo na ATP e aos 16 ele venceu Albert Costa, campeão de Roland Garros”, enumerou o jornalista.

+ Toni Nadal diz que Rafa ainda tem mais 3 ou 4 anos
+ Nadal: 'Gosto do desafio de enfrentar grandes rivais'
+ Toni lembra treinos para moldar caráter de Rafa

Também ganhou destaque a figura de Toni Nadal, que segundo o biografista foi chave para o sucesso de Rafa e o principal responsável pelo tenista ser o que é agora. "Toni é quem forneceu a cabeça mais privilegiada do esporte", garantiu García Muñiz.

"Um dia, Rafa jogou uma partida com uma raquete quebrada porque aprendeu a não reclamar de nada. Toni o fazia recolher todas as bolas depois do treino. Se ele esquecesse a garrafa de água em quadra, o tio depois não compraria outra, assim ele aprenderia a não esquecer”, contou o jornalista, que ainda relatou o medo de Nadal no escuro e seu gosto zero por presunto ou queijo.

Comentários
Raquete novo
Suzana Silva