Notícias | Dia a dia
Quarentena impede Halep de jogar em Palermo
26/07/2020 às 09h52

Halep recebeu negativa final do governo italiano sobre necessidade da quarentena

Foto: Arquivo

Palermo (Itália) - A número 2 do mundo Simona Halep comunicou neste domingo sua desistência oficial de competir no WTA de Palermo, que começará dentro de oito dias e marcará o retorno do tênis profissional como um todo.

Segundo a empresária da romena, Virginia Ruzici, o motivo principal é mesmo a quarentena obrigatória de duas semanas que pessoas vindas da Romênia e Bulgária têm de cumprir ao entrar em território italiano.

Até a última hora, os organizadores de Palermo tentaram driblar a situação com o Ministério de Saúde local, mas não foram bem sucedidos.

O torneio fica assim sem tenistas do top 10, ainda que exista pequena chance de Karolina Pliskova competir - a tcheca no entanto só irá caso o US Open seja cancelado nos próximos dias.

Até agora, estão garantidas Marketa Vondrousova, Johanna Konta, Petra Martic, Maria Sakkari e Jelena Ostapenko. Serão permitidos até 280 espectadores em cada rodada e a premiação foi reduzida de US$ 250 mil para US$ 222.500.

Comentários
Loja - livros
Suzana Silva