Notícias | Dia a dia
ATP e WTA liberam quarentena para se entrar em NY
25/07/2020 às 10h35

US Open dá mais um passo em direção à sua realização ao liberar tenistas de quarentena

Foto: Arquivo

Nova York (EUA) - No esforço gigantesco dos promotores para a disputa dos torneios conjuntos de Cincinnati e US Open no complexo de Flushing Meadows, um passo fundamental foi dado nesta sexta-feira. O Departamento de Segurança Interna (DHS) do governo norte-americano autorizou a dispensa de quarentena para os atletas que entrarem nos Estados Unidos.

A liberação estará aberta a partir do dia 1º de agosto, ou seja dentro de uma semana, e se estende também para os acompanhantes de cada tenista. A garantia será dada em cima da lista de atletas que foi enviada pela ATP e pela WTA às autoridades e que será distribuída às polícias de fronteira do aeroporto JFK.

Durante a última semana também houve a garantia inversa, ou seja, que não haverá obrigatoriedade de quarentena para os tenistas que saírem de Nova York após os dois torneios e que seguirem para a Zona Europeia. O ATP 250 de Kitzbuhel está previsto para coincidir com a segunda semana do US Open e o Masters 1000 de Madri, logo em seguida ao Slam norte-americano.

Comentários
Raquete novo
Suzana Silva