Notícias | Dia a dia
Osaka e Mirza participam de Festival olímpico online
18/07/2020 às 09h43

Tóquio (Japão) - Se não fosse a pandemia da Covid-19, que causou a paralisação do circuito profissional, Naomi Osaka estaria na reta final de preparação para um evento esportivo marcante em sua carreira: Ela seria uma das principais atrações dos Jogos Olímpicos de Tóquio e grande esperança de medalha para a torcida japonesa.

Em vez disso, com os Jogos adiados para 2021, a ex-número 1 do mundo fará parte do Festival Online de Verão de Experiências Olímpicas e Paralímpicas, com duração de cinco dias. O programa de atividades organizado por atletas e apresentado pelo Comitê Olímpico Internacional, pelo Comitê Paralímpico Internacional e pelo Airbnb, parceiro mundial olímpico, terá início em 24 de julho, data em que os Jogos teriam começado em Tóquio.

+ Torneio olímpico de 2021 já tem datas definidas
+ Adiamento olímpico não muda preparação de Osaka


Osaka se juntará à indiana Sania Mirza, que competiria pela quarta vez nos Jogos Olímpicos e tentaria melhorar o quarto lugar em duplas mistas no Rio de Janeiro-2016, ao lado de Rohan Bopanna. As duas participarão do festival em 28 de julho, quando os fãs poderão ver o treinamento de quarentena de Osaka e aprender um regime de treinamento inspirado no Grand Slam com Mirza. Os interessados poderão reservar experiências interativas a partir de 22 de julho, gerando uma renda valiosa aos atletas olímpicos e paralímpicos.

"Os Jogos Olímpicos reúnem o mundo inteiro e, embora todos tenhamos que esperar mais um ano para comemorar em Tóquio, a chama olímpica continua a ser a luz no fim do túnel escuro que a humanidade está atravessando", afirmou Thomas Bach, presidente do COI. "Isso demonstra que somos mais fortes juntos. Este festival é uma grande plataforma para unir e inspirar o mundo no espírito de amizade e solidariedade neste verão. O COI coloca os atletas no centro do Movimento Olímpico e os apoia em todas as etapas da jornada deles."

Comentários
Raquete novo
Suzana Silva