Notícias | Dia a dia
Tenistas se livram de cumprir quarentena em Madri
17/07/2020 às 08h57

Madri (Espanha) - Uma das questões mais preocupantes no retorno do circuito, a possibilidade de ser forçado a cumprir quarentena ao viajar de um país ao outro, não será preocupação para os tenistas que forem jogar em Madri. Isso porque o Conselho Superior do Esporte (CSD) do país poderá emitir um certificado especial para os atletas.

Segundo informa o AS, a medida inclusive já foi utilizada por alguns motociclistas que disputam neste fim de semana o GP da Espanha, que acontece em Jerez. Dessa maneira, tenistas como sérvio Novak Djokovic, que já demonstrou preocupação com essa questão, poderiam participar tranquilamente do US Open sem ter problemas em seguida para competir em Madri.

A ordem publicada no BOE de 2 de julho permite entrada sem a necessidade de um isolamento inicial de 14 dias a "trabalhadores altamente qualificados cujo trabalho é necessário e não pode ser adiado ou executado remotamente, incluindo os participantes de eventos esportivos de alto nível que ocorrem na Espanha".

Outra boa notícia para os fãs de tênis, principalmente os madrilenhos, é que a competição deverá acontecer com público, ainda que seja reduzido. Diretor do torneio, o espanhol Feliciano López contou que a competição já apresentou um protocolo de segurança junto à prefeitura e o documento foi muito elogiado.

Comentários
Loja - livros
Suzana Silva