Notícias | Dia a dia
Recuperado da Covid-19, Dimitrov planeja retorno
13/07/2020 às 17h09

Dimitrov foi diagnosticado com a doença durante sua participação no Adria Tour

Foto: Arquivo

Monte Carlo (Mônaco) - Três semanas depois de ser diagnosticado com a Covid-19, Grigor Dimitrov está livre do coronavírus. O exame mais recente do búlgaro foi realizado nesta segunda-feira em Monte Carlo e deu negativo.

"Acabei de receber ótimas notícias do médico em Mônaco que meu exame para Covid-19 deu negativo. Muito obrigado por todo o apoio nas últimas semanas durante minha quarentena", escreveu Dimitrov em seu perfil no Instagram.

+ Recuperado do coronavírus, Coric retoma treinamento
+ Após duas semanas isolado, Cilic pode rever o filho
+ Djokovic e esposa dizem estar livres do coronavírus

Recuperado da doença, o experiente jogador de 29 anos e atual 19º colocado no ranking mundial já planeja seu retorno às competições. "Estou ansioso para voltar aos treinos em breve, a fim de estar pronto para os torneios em quadras duras nos Estados Unidos", acrescentou o búlgaro.

Fora da lista de inscritos para o ATP 500 de Washington, ele deve seguir diretamente para Nova York. O Masters 1000 de Cincinnati foi excepcionalmente transferido para lá e servirá de preparação para o US Open. O Grand Slam norte-americano começa em 31 de agosto.

 
 
 
 
 
Ver essa foto no Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 

I just got great news from the doctor in Monaco that I am confirmed Covid-19 negative. Thank you for all the support these past weeks during my quarantine. I look forward to getting back to training shortly in order to be ready for the US hardcourt swing.

Uma publicação compartilhada por Grigor Dimitrov (@grigordimitrov) em

Búlgaro foi um dos infectados no Adria Tour
Dimitrov foi diagnosticado com a Covid-19 depois de participar da polêmica série de exibições Adria Tour. O circuito promovido por Novak Djokovic na região dos Bálcãs contou com público nos estádios e teve poucas medidas de segurança e distanciamento social.

Além de Dimitrov, outros três jogadores tiveram a doença: Novak Djokovic, Borna Coric e Viktor Troicki. Também foram infectados o técnico de Dimitrov, Christian Groh, as esposas de Djokovic e Troicki, Jelena e Alexandra, e além do técnico e do preparador físico de Djokovic, Goran Ivanisevic e Marko Paniki.

Comentários
Loja - livros
Suzana Silva