Notícias | Dia a dia
Torneio de Berlim avisa que não terá festa para tenistas
12/07/2020 às 11h36

Os alemães Haas e Goerges participaram de evento promovendo os torneios em Berlim

Foto: Divulgação

Berlim (Alemanha) - Depois das muitas críticas feitas ao Adria Tour e às festas promovidas pela série de exibições organizada pelo sérvio Novak Djokovic, a direção dos eventos em Berlim, o primeiro entre os dias 13 e 15 de julho será na quadra de grama no estádio Steffi Graf e o outro em quadra de piso duro instalada no hangar do antigo Aeroporto Tempelhof, avisou que não promoverá festas.

"Não haverá festas de jogadores aqui", disse Edwin Weindorfer, organizador dos eventos alemães em entrevista coletiva no último sábado. Ele aproveitou para criticar os jogadores festeiros no Adria Tour, principalmente Alexander Zverev. "Não cometeu um erro, mas dois", cutucou.

Os torneios de exibição de Berlim seguirão um extenso protocolo para prevenir a infecção pelo coronavírus, com base em um documento de 59 páginas aprovado pelas autoridades alemãs. Além disso, representantes da ATP e da WTA estarão em Berlim para ver como esse protocolo funciona.

"Estes são tempos turbulentos. Temos uma certa responsabilidade e um papel pioneiro", comentou Weindorfer, que terá em seu torneio nomes, entre outros, como o do número 3 do mundo Dominic Thiem, da bicampeã de Wimbledon Petra Kvitova e da ucraniana Elina Svitolina.

Comentários
Loja - livros
Suzana Silva