Notícias | Dia a dia
Técnico defende destaque de Nadal em Wimbledon
12/07/2020 às 08h57

Londres (Inglaterra) - Um dos nomes mais importantes da equipe do espanhol Rafael Nadal, o treinador Francis Roig aproveitou o clima da época de Wimbledon para falar sobre o desempenho do seu pupilo na grama. Em entrevista ao site da ATP, ele defendeu o canhoto de Mallorca daqueles que não o consideram um grande tenista sobre este piso.

“Jogar cinco finais consecutivas em um torneio como Wimbledon é incrível e muito difícil de se alcançar, coisa para poucos. Além disso, Rafa sempre teve a desvantagem de chegar um pouco desgastado por causa da turnê de saibro nos meses anteriores, na qual sempre investiu muito alto. Ainda assim sempre lutou pelo título”, destacou Roig.

+ Nadal revela segredo sobre 1º título de Wimbledon
+ Nadal confirma presença no Masters 1000 de Madri

Campeão de Wimbledon em 2008 e 2010, o espanhol também foi finalista em 2006, 2007 e 2011, não jogando em 2009 por causa de uma lesão no joelho. Ao todo ele soma 53 vitórias e 12 derrotas no All England Club, com um aproveitamento de mais de 81% no Grand Slam britânico.

Roig também lembrou a primeira vez que vi Nadal jogando na grama. “Foi em 2002 ou 2003. Naquela época, eu estava treinando Feliciano López. Ele foi a Londres para um torneio no juvenil e houve um dia em que precisava de alguém para poder bater bola. Joguei então um pouco com ele naquele dia”, contou o técnico.

“Vi que ele tinha uma grande capacidade de jogar bem na grama. Obviamente, para um garoto daquela idade, ele precisou de alguns anos para ganhar confiança e saber como se adaptar ao jogo nessa superfície. Mas Rafa tem uma qualidade que é o de saber como superar as adversidades. Sempre que a situação se torna crítica ele encontra soluções”, finalizou Roig.

Comentários
Loja - livros
Suzana Silva