Notícias | Dia a dia
Federer destaca duelos com Nadal e respeito mútuo
10/07/2020 às 08h59

Basileia (Suíça) - Uma das maiores rivalidades da história do tênis, os duelos entre Roger Federer e Rafael Nadal marcaram uma geração e não podiam passar em branco para os próprios tenistas envolvidos. Em entrevista para o jornal alemão Zeit, o suíço lembro dos primeiros encontros com o espanhol e falou sobre o desenvolvimento da relação entre eles.

“Quando eu o conheci, Rafa me surpreendeu porque era extremamente tímido fora da quadra, mas você o via competir e era uma agressividade incrível. Houve uma rivalidade muito grande entre nós e às vezes não era fácil”, contou o tenista da Basileia, que enfrentou Nadal pela primeira vez em 2004, na terceira rodada do Masters 1000 de Miami.

+ 'Ainda tenho coisas a fazer no tênis', afirma Federer
+ Federer reforça que aposentadoria está mais próxima
+ 'Considerei se realmente queria continuar', revela o suíço

“Tivemos grandes duelos, mas sempre nos respeitamos e sabíamos que éramos referências de muitas pessoas e respeitamos nosso esporte amado. Nossas famílias se dão muito bem e sempre nos parabenizamos pelos triunfos”, acrescentou Federer, que leva a pior no histórico contra o espanhol, vencendo 16 e perdendo 24 vezes.

Questionado sobre seu melhor momento como tenista profissional, o suíço de 38 anos destacou o título conquistado em Wimbledon, que completou 17 anos no dia 6 de julho.

“Minha primeira vitória em Wimbledon é o que me vem à mente instantaneamente quando me perguntam isso. Ganhar esse torneio foi o que sempre sonhei quando criança e vê-lo de repente se tornar realidade era mágico. Foi o momento mais bonito e importante de toda a minha vida esportiva”, falou Federer.

Comentários
Loja - livros
Suzana Silva