Notícias | Dia a dia
'Vai ser estranho jogar sem público', diz Medvedev
04/07/2020 às 09h37

Daniil Medvedev ainda não disputou qualquer partida de exibição como preparativo para a volta do tênis

Foto: Arquivo

Monte Carlo (Mônaco) - O russo Daniil Medvedev não vê a hora de retornar ao circuito, embora reconheça que é difícil imaginar a nova realidade do circuito no verão norte-americano, em que se jogará sem plateia. O calendário está previsto para ser retomado no dia 14 de agosto, em Washington, cinco meses depois da paralisação provocada pelo coronavírus.

"Não sabemos o que vai acontecer em Nova York (quando chegar o US Open), já que muitos jogadores se mostraram contra as medidas restritivas", afirmou o número 5 do ranking em entrevista pela Internet à Eurosport. "Por outro lado, sem isso haverá uma grande chance de nos infectarmos".

Ele no entanto garante que irá para o US Open, onde defenderá a final do ano passado. "Quero voltar às quadras o mais rápido possível e jogar torneios para o público de todo o mundo, que certamente estará na frente da TV".

Sobre a ausência de público em Nova York, Medvedev não sabe exatamente o que esperar. "Será muito estranho. Todos nós já disputamos circuito juvenil ou torneios 'future' e sabemos como é estar lá só com o treinador na plateia. Mas claro que isso era em quadras pequenas, no meio de um pequeno lugar. Não sei como será entrar no estádio Arthur Ashe, com seus 22 mil lugares vazios. E acho que será ainda mais bizarro nos jogos noturnos".

Comentários
Loja - livros
Suzana Silva