Notícias | Dia a dia
Tsonga e Bartoli defendem Djokovic sobre Adria Tour
04/07/2020 às 08h44

Tsonga acha errado se colocar a culpa sobre problemas do Adria Tour em Djokovic

Foto: Arquivo

Paris (França) - Dois nomes importantes do tênis francês engrossaram a lista dos jogadores de peso que defenderam Novak Djokovic em relação ao ocorrido durante o Adria Tour, série de exibições que aconteceu em Belgrado e Zadar e que culminou com a contaminação de jogadores e auxiliares pelo coronavírus.

"Se Novak organizou o seu torneio foi porque recebeu aval das autoridades", argumentou Tsonga ao diário francês L'Équipe. "Talvez tenha havido excesso de confiança (ao se adotar medidas poucos restritivas), mas ele não é o verdadeiro culpado. Ele achou que estava fazendo tudo certo e não merece essa penalização".

A aposentada campeã de Wimbledon Marion Bartoli também saiu em defesa do número 1, afirmando que ele não quebrou qualquer regra. "Ele estava determinado a fazer uma ação filantrópica e tinha autorização dos países em que aconteceu o torneio. Quis fazer algo divertido num tempo difícil para todos, ainda mais diante de seu público", opinou ao Tennis Majors.

"Parece que ninguém notou que pouco dias antes houve uma partida de futebol em Belgrado com 25 mil espectadores", reforçou Bartoli. "É fácil culpar Novak pelos problemas que aconteceram, mas suas intenções foram as melhores. Infelizmente, as coisas saíram errado e o mundo do tênis se voltou contra ele".

Comentários
Loja - livros
Suzana Silva