Notícias | Dia a dia
Lenda australiana apoia Kyrgios contra coronavírus
03/07/2020 às 11h35

Sydney (Austrália) - Sete vezes vencedor do Grand Slam, o australiano John Newcombe aplaudiu o novo papel do compatriota Nick Kyrgios como policial do coronavírus neste tempo de pandemia, mas também apoiou a posição do alemão Boris Becker de que as críticas a Alexander Zverev deveriam ter sido feitas a portas fechadas.

“Nick está sendo Nick. Os outros caras são obviamente estúpidos. Eu não fico me preocupando tanto com o que Nick está pensando. Nunca dá para saber o que ele vai aprontar em seguida, mas acho que é bom que esteja chamando a atenção das pessoas. Se é isso que ele quer fazer, isso é bom”, disse Newcombe em entrevista ao Sidney Morning Herald.

+ Kyrgios não poupa Zverev e dispara contra festa
+ Becker sai em defesa de Zverev e ataca Kyrgios
+ Kyrgios não deixa barato e rebate fala de Becker
+ Becker segue batendo boca com Kyrgios no Twitter
+ Kyrgios volta a rebater Becker e sobra para Djokovic

A lenda australiana apenas levantou a questão da crítica de Kyrgios a Zverev. “Eu sei que quando jogava, se você tinha um problema o mais correto era conversar direto com a pessoa. Você não tornava a coisa pública, mas era um mundo diferente, eu acho”, comentou Newcombe.

Ele também compartilhou uma visão interessante sobre a USTA e a ATP, com planos de sediar o US Open no final de agosto. Newcombe acredita que se o sérvio Novak Djokovic decidir jogar, o espanhol Rafael Nadal deverá fazer o mesmo e vice-versa, tudo por causa da briga de ambos pelo recorde de Grand Slam.

“Muitos jogadores gostariam de jogar para ganhar dinheiro. Para Djokovic e Nadal, eles estão perseguindo os Grand Slams. Se um deles joga, o outro pensa 'bem, é melhor eu jogar também’. Tenho certeza de que Nadal gostaria de jogar o US Open, mesmo que não ganhe. Só que ele também precisa treinar para se preparar para Roland Garros”, finalizou.

Comentários
Loja - livros
Suzana Silva