Notícias | Dia a dia
'Djoko é ótimo, mas enfrenta duas lendas', diz suíço
30/06/2020 às 11h27

Lausanne (Suíça) - Ex-top 10 do mundo, o suíço Marc Rosset analisou a situação atual do sérvio Novak Djokovic, que além de disputar o posto de melhor de todos os tempos com Roger Federer e Rafael Nadal, tem enfrentado uma série de polêmicas nos últimos tempos, algumas criadas por ele e outras por declarações do pais Srdjan Djokovic.

“Djokovic está longe de ser uma unanimidade no que quer que ele diga, mas tenho a impressão de que ele se alimenta disso. Não o julgo como pessoa porque todo mundo tem suas próprias fontes de motivação e crença, mas no geral ele é um enigma para mim”, afirmou Rosset para o Sportske Novosti.

+ Djokovic defende que água poluída se torna curativa
+ Evento de Djokovic força Croácia a fechar fronteiras
+ Muro pichado na Croácia pede a morte de Djokovic

O suíço ainda destacou a dificuldade que encara ‘Nole’ quando o assunto é o amor dos fãs por ser contemporâneo de dois tenistas icônicos. “É difícil para ele competir com Roger Federer e Rafael Nadal em termos de popularidade. Eu posso entender como isso é frustrante para ele, que é o número 1 do mundo e um ótimo jogador, mas enfrenta duas lendas”, observou.

Em relação às críticas do pai de Djokovic endereçadas a Federer, o compatriota do tenista da Basileia foi firme e disparou contra Srdjan. “Olhando para a cronologia, já houve mais de um ataque de seu pai a Federer, o que considero inadmissível”, disse o suíço.

“Mesmo se você ame seu filho mais do que qualquer coisa no mundo, não pode dizer coisas assim. Se meu pai tivesse dito isso, eu teria ido para casa e mandado ele calar a boca. Você não pode falar assim de alguém”, finalizou Rosset, medalhista de ouro nos Jogos Olímpicos de Barcelona em 1992 e campeão de duplas em Roland Garros no mesmo ano.

Comentários
Raquete novo
Suzana Silva