Notícias | Dia a dia
Murray joga bem, mas leva virada de Evans na semi
27/06/2020 às 11h43

Murray fez quatro jogos em cinco dias, com duas vitórias e duas derrotas

Foto: Divulgação

Londres (Inglaterra) - A participação de Andy Murray na Batalha dos Britânicos chegou ao fim neste sábado. O ex-líder do ranking perdeu na semifinal do torneio para o atual número 1 do país e 28º do mundo Daniel Evans, com parciais de 1/6, 6/3 e 10-8.

Murray fez quatro jogos em cinco dias. Ele venceu sem sustos suas partidas contra James Ward e Liam Broady e perdeu apenas no match tiebreak para os dois britânicos em melhor momento no circuito: Evans e o atual 44º do ranking Kyle Edmund.

Este foi o primeiro torneio que Murray disputou desde novembro do ano passado, quando defendeu a equipe britânica da Copa Davis. O jogador de 33 anos vinha se recuperando de uma pubalgia e estava há sete meses sem jogar. Lembrando que o atual 129º do ranking já passou por duas cirurgias no quadril nos últimos anos, que reduziram bastante seu calendário de competições.

A partida deste sábado começou muito bem para Murray, que vinha com bom saque e conseguiu uma quebra logo cedo para já abrir 3/0. Exceção feita ao quinto game, quando precisou salvar break points, o vencedor de três Grand Slam vinha confirmando seus saques com bastante tranquilidade. Murray também exibia uma movimentação do fundo de quadra melhor que a dos dias anteriores, dando sinais de recuperação do ritmo de jogo.

Evans, que marcou sua quarta vitória seguida na semana, reagiu a partir do segundo set. O jogador de 30 anos vinha sendo mais consistente e também mais agressivo nas devoluções, passando a pressionar constantemente o serviço de Murray. O match tiebreak foi equilibrado, com muitas trocas na liderança. Murray chegou a liderar por 4-1, mas cometeu muitos erros não-forçados na parte final do game-desempate e acabou deixando a vitória escapar.

Evans também está na final de duplas
O adversário de Evans na final deste domingo às 9h (de Brasília) virá da partida entre Kyle Edmund e Cameron Norrie. Mas ainda neste sábado Evans também disputa a final de duplas ao lado de Lloyd Glasspool. Eles enfrentam Jamie Murray e Neal Skupski.

Torneio segue protocolo rígido
Os jogos em Londres acontecem sem a presença de público. Com rígido protocolo de segurança e exames diários para os jogadores, o evento sequer conta com boleiros ou juízes de linha. Em quadra, ficam apenas os jogadores, técnicos, árbitro de cadeira e uma equipe profissional mínima para a divulgação dos jogos, com três operadores de câmeras de TV e um fotógrafo.

Comentários
Loja - livros
Suzana Silva