Notícias | Dia a dia
Agente de Dimitrov rebate fala de pai de Djokovic
24/06/2020 às 12h43

Sófia (Bulgária) - Apontado como principal culpado pela disseminação do coronavírus em Zadar, na etapa croata do Adria Tour, o búlgaro Grigor Dimitrov acabou sendo acusado de prejudicar a imagem do sérvio Novak Djokovic, organizador do evento, pelo próprio pai do número 1 do mundo. Seu agente Georgi Stoimenov não deixou a crítica passar em branco e rebateu Srdjan Djokovic.

“Grigor chegou direto em Belgrado após três meses de completo isolamento. Nem em Belgrado e nem depois em Zadar ofereceram ou pediram a ele que fizesse teste para coronavírus. Os organizadores são os únicos responsáveis pela segurança do torneio e pelas regras que devem ser seguidas”, disparou o agente do búlgaro, garantindo que o tenista respeito todas as regras impostas.

Em uma entrevista para a emissora de TV búlgara bTV, Stoimenov explicou melhor o ocorrido com o agenciado. “Quando Grigor voltou ao Mônaco, não se sentia bem e fez todos os exames, não apenas um teste especializado para Covid-19, mas fez um exame do corpo inteiro. Por exemplo, ele fez um exame de pulmão que mostrou que tudo estava limpo”, revelou o agente.

“Tentamos analisar de quem, quando e onde Grigor poderia ter sido infectado, mas é praticamente impossível determinar. Todos tentaram ser cuidadosos, mas as emoções dos jogadores obviamente prevaleceram um pouco devido ao fato de que não se viam há três ou quatro meses”, finalizou o responsável pela carreira de Dimitrov.

Comentários
Raquete novo
Suzana Silva