Notícias | Dia a dia
Jamie Murray garante: torneio britânico é seguro
23/06/2020 às 19h07

Evento que acontece em Londres segue normas rígidas de distanciamento social

Foto: Arquivo

Londres (Inglaterra) - Depois de toda a polêmica envolvendo a Adria Tour, promovida por Novak Djokovic em que quatro jogadores diagnosticados com a Covid-19, a organização da 'Battle of The Brits' garante que a série de exibições em Londres seguirá todos os protocolos de segurança. O evento promovido por Jamie Murray começou nesta terça-feira em Londres e vai até o próximo domingo.

"Todos os jogadores serão testados diariamente. É lamentável o que aconteceu com a Adria Tour e estamos fazendo todo o possível para evitar que isso aconteça aqui", disse Jamie Murray à BBC. "Continuamos lembrando a todos para manter o distanciamento social de 2 metros. E todos os sistemas estão em vigor".

"Tivemos uma reunião entre os jogadores sobre o assunto, para enfatizar o quão importante é continuar seguro e não baixar a guarda. Depois do que aconteceu na Adria Tour, há ainda mais holofotes sobre nós agora", acrescentou o duplista britânico.

+ Murray volta às quadras com vitória em Londres
+ Djokovic admite o erro em promover aglomerações
+ Para Murray, evento de Djoko afeta imagem do tênis

A competição acontece no National Tennis Center, na região de Roehampton, em Londres, e segue um rígido protocolo de segurança. Não é permitida a presença de público, nem de boleiros ou juízes de linha. Marcações duvidosas são corrigidas eletronicamente, como já acontece no Next Gen ATP Finals, em Milão. E os próprios tenistas recolhem as bolas próximas da rede ou da linha de base.

Dentro de quadra ficam apenas os dois jogadores, árbitro de cadeira, os dois treinadores (que utilizam luvas), além de uma equipe mínima para a divulgação dos jogos, composta por três operadores de câmeras de TV e um fotógrafo. No total, apenas nove pessoas têm acesso à quadra. Os tenistas se comunicam à distância, por meio de headset, com profissionais de imprensa envolvidos na transmissão dos jogos.

Mãe de Andy e Jamie Murray e também treinadora de tênis, Judy Murray comentou que é fundamental que os atletas dêem exemplo. "É importante que as crianças locais se inspirem no que os melhores jogadores estão fazendo", afirmou. "Você nunca sabe se há um futuro campeão de Grand Slam acompanhando nos bastidores".

Comentários
Loja - livros
Suzana Silva