Notícias | Dia a dia
Djokovic admite o erro em promover aglomerações
23/06/2020 às 15h43

Eventos promovidos pelo sérvio contaram com muito público nas arquibancadas

Foto: Divulgação

Belgrado (Sérvia) - Após a repercussão negativa da Adria Tour, Novak Djokovic reconheceu o erro ao promover aglomerações nos dois últimos finais de semana. O número 1 do mundo participou da organização de torneios amistosos na Sérvia e na Croácia, com presença de público nas arquibancadas e poucas restrições de distanciamento social.

Djokovic e sua esposa, Jelena, além dos jogadores Borna Coric, Grigor Dimitrov e Viktor Troicki foram diagnosticados com a Covid-19. A esposa de Troicki, Alexandra, o técnico de Dimitrov, Christian Groh, e o preparador físico de Djokovic, Marko Paniki, também contraíram a doença.

"Lamento muito que o nosso torneio tenha causado danos. Tudo o que os organizadores e eu fizemos no mês passado foi com coração puro e intenções sinceras", disse Djokovic, por meio de suas redes sociais. "Acreditávamos que o evento cumpria todos os protocolos de saúde e que a nossa região parecia em boas condições para finalmente unir as pessoas por razões filantrópicas. Estávamos errados e era cedo demais. Não posso expressar o quanto sinto muito por este e todos os casos de infecção".

+ Djokovic e esposa testam positivo para coronavírus
+ Com positivo de Djoko, Adria Tour acaba cancelado
+ Para Murray, evento de Djoko afeta imagem do tênis

Djokovic também orientou ao público que compareceu às etapas do torneio, em Belgrado e Zadar, a realizar exames para a detecção do coronavírus e praticar o distanciamento social. O sérvio promete oferecer recursos de saúde para as duas cidades. Sem detalhar ainda quais serão essas medidas.

"Se você compareceu aos jogos da Adria Tour ou esteve com alguém que foi ao evento, faça o teste e pratique o distanciamento social. Para aqueles em Belgrado e Zadar, compartilharemos imediatamente os recursos de saúde. O restante do torneio foi cancelado e continuaremos focados em todos aqueles que foram afetados. Eu oro pela recuperação completa de todos", acrescentou o jogador de 33 anos, que ficará isolado por duas semanas e fará um novo exame em cinco dias.

+ Torneio de Djokovic não tem máscara, nem restrições
+ Mil pessoas testadas em Zadar com 4 casos positivos
+ Para Soares, Djokovic protagonizou 'show de horror'

A série de exibições Adria Tour acabou sendo marcada por polêmicas. Além de o torneio promover aglomeração de torcedores nos estádios, os jogadores participaram de uma série de atividades promocionais extra-quadra, como festas, jantares, clínicas com crianças, jogos de futebol e basquete. Foram poucos os protocolos de distanciamento e era comum ver pessoas circulando sem máscara nas arquibancadas. As etapas previstas para Montenegro e Bósnia e Herzegovina foram canceladas.

Comentários
Loja - livros
Suzana Silva