Notícias | Dia a dia
Noah Rubin volta a cutucar Djokovic e critica evento
22/06/2020 às 13h55

Nova York (EUA) - Se na semana passada o norte-americano Noah Rubin criticou duramente o sérvio Novak Djokovic por não ter comparecido a uma importante videoconferência para decidir se o Masters 1000 de Cincinnati e o US Open deveriam ser disputados, nesta segunda-feira ele tratou de cutucar o torneio organizado pelo número 1 do mundo.

“Foi imprudente e decepcionante, o tênis não merece correr esses riscos”, disparou o tenista de 24 anos e atual 225 do mundo através de suas redes sociais. Rubin não gostou nem um pouco das medidas tomadas pelo sérvio em sua série de eventos, que acabou na contaminação do búlgaro Grigor Dimitrov e do croata Borna Coric.

Além dos dois jogadores, mais dois integrantes das equipes técnicas também foram diagnosticados com o coronavírus. O preparador físico de Djokovic, Marko Paniki, e o treinador de Dimitrov, Christian Groh, completaram a lista de até então quatro que testaram positivo para a Covid-19 durante a etapa de Zadar do Adria Tour.

De acordo com a imprensa sérvia, ‘Nole’ não quis ser examinado na Croácia no domingo e deixou para fazê-lo somente nesta segunda-feira, quando retornou para Belgrado. Já o austríaco Dominic Thiem, que jogou a primeira etapa do circuito de Djokovic, não apenas fez um teste no domingo antes de encarar o grego Stefanos Tsitsipas pelo UTS, mas fez outro nesta segunda em Viena.

Comentários
Loja - camisetas
Suzana Silva