Notícias | Dia a dia
Osaka: 'Quero voltar a jogar, mas estou preocupada'
20/06/2020 às 08h59

Miami (EUA) - Dona de dois títulos de Grand Slam, a japonesa Naomi Osaka vive momento de ideias contrastantes, de um lado esperando avidamente pelo retorno das competições e do outro ainda muito preocupada com o momento e tudo que envolve a volta ao tênis nesses tempos de pandemia do coronavírus.

“Quero jogar novamente. Estou me preparando da melhor maneira, mas também estou muito preocupada", disse a ex-número 1 do mundo ao Tennis Now. "Se as regras continuarem mudando, se houver uma nova onda de infecções, não sabemos o que acontecerá”, acrescentou a campeã do US Open de 2018 e do Australian Open de 2019.

“Também estou preocupada em viajar, já que faremos isso com muita frequência. Terei que encontrar o equilíbrio para melhorar ainda mais meu tênis e penso especialmente nas coisas em que trabalhei durante a quarentena. Todos os tenistas são competitivos e quando não há torneios é entediante", finalizou Osaka.

A estrela japonesa e o compatriota Kei Nishkori estão ansiosos pela disputa do US Open, segundo informaram seus respectivos agentes. O torneio foi mantido em sua data original em Nova York, mas não contará com a presença de público e terá uma série de restrições. Além disso, será o primeiro Grand Slam pós-pandemia.

Comentários
Loja - livros
Suzana Silva