Notícias | Dia a dia
Definição do calendário anima Orlandinho e Menezes
19/06/2020 às 19h21

Itajaí (SC) - A confirmação de um calendário para o circuito da ATP para o segundo semestre animou dois jogadores brasileiros, o mineiro João Menezes e o gaúcho Orlando Luz. Os dois acreditam que, com as datas definidas, é mais fácil para determinar uma rotina de treinamento. Os torneios de nível challenger serão retomados a partir de 17 de agosto.

"Agora a gente tem um parâmetro de quando vai competir e podemos nos preparar melhor nos treinamentos. Dá para fazer ciclos como se fosse uma pré-temporada. Temos praticamente dois meses até lá", disse João Menezes.

"Então, acredito que temos tudo para chegar bem preparados tanto tecnicamente como fisicamente, e aí depois é só pegar ritmo de jogo", acrescentou o mineiro de 23 anos e 185º colocado no ranking da ATP. Menezes já disputou seis torneios no ano, com destaque para as quartas de final do challenger de Dallas.

Já Orlandinho comemorou a notícia da volta às competições, mas também lamentou as restrições que acontecerão no US Open e nos demais eventos quando o circuito for retomado. "Isso me deixa um pouco mais motivado para trabalhar e planejar os treinos. Vou tentar trabalhar bem durante um mês e meio. Depois, nas últimas duas semanas, vou tentar recuperar o ritmo de jogo para voltar bem ao circuito".

"Estou feliz, mas ao mesmo tempo acho que é um pouquinho injusto que o US Open não vai ter o quali. Tem muitos jogadores necessitados, tanto do dinheiro quanto dos torneios em si. Espero que tudo volte ao normal o mais rápido possível e que todos tenham saúde para terminar o ano jogando", avaliou o jogador de 22 anos e 301º do ranking da ATP. "Sabemos que, para jogar os torneios, vamos ter que passar por vários aeroportos e ter contato com muitas pessoas. Então espero que todo mundo fique bem".

Orlandinho e Menezes estão entre alguns dos jogadores brasileiros que já voltaram a treinar em Santa Catarina. A Confederação Brasileira de Tênis (CBT) firmou uma parceria com a ADK/Itamirim para oferecer estrutura de treinamento.

Comentários
Raquete novo
Suzana Silva