Notícias | Dia a dia
Mudanças no US Open garantem 1º Slam para Wild
17/06/2020 às 15h22

Nova York (EUA) - Com as alterações programadas para a edição deste ano do US Open, como as chaves de duplas menores e a ausência do qualificatório, o paranaense Thiago Wild acabou se dando muito bem e garantiu assim sua estreia na chave principal de Grand Slam, justamente naquele torneio em que conquistou o título no juvenil.

Atual 114 do mundo, o paranaense de 20 anos entrará direto na competição. Como não haverá mais o classificatório, os 120 primeiros da ATP estarão assegurados na chave principal, com mais oito convidados completando a lista. Wild poderá assim disputar um Slam pela primeira vez, justamente em uma temporada que começou muito boa para ele.

Depois de sofrer derrotas em seus três primeiros jogos, o jovem tenista conseguiu derrubar um top 100 em sua estreia no Rio Open, batendo o espanhol Alejandro Davidovich em três sets. Na sequência ele chegou a vencer o primeiro set contra o croata Borna Coric, mas acabou levando a virada. Contudo, o ápice veio na semana seguinte em Santiago, onde conquistou seu primeiro ATP.

Se de um lado Wild irá comemorar sua estreia em um dos quatro maiores torneios do circuito, o mineiro João Menezes não terá a oportunidade de tentar sua chance no quali. Ocupando o 195º lugar no ranking, ele chegou até a última rodada do classificatório no ano passado e em 2020 terá que se contentar em disputar torneios menores e não poderá testar a sorte.

Comentários
Loja - livros
Suzana Silva