Notícias | Dia a dia
US Open não terá quali e chave de duplas será menor
16/06/2020 às 18h14

Chaves de duplas terão apenas 32 parcerias em Nova York. Campeões serão definidos em cinco rodadas.

Foto: Arquivo

Nova York (EUA) - A edição de 2020 do US Open, que foi confirmada nesta terça-feira e começa em 31 de agosto, terá menos jogadores circulando pelo complexo Billie Jean King. O evento não terá as disputas do qualificatório e o número de participantes das chaves de duplas será reduzido à metade.

A Associação de Tênis dos Estados Unidos definiu que as chaves principais de simples, masculina e feminina continuarão com 128 tenistas cada uma. Os campeões são definidos após sete rodadas em Nova York.

Já os torneios de duplas, que contavam com 64 parcerias, terão agora 32 equipes. Dessa forma bastam cinco vitórias para que uma dupla seja campeã, em vez de seis como era em anos anteriores. Além disso, somente o ranking de duplas será levado em consideração para a inscrição de jogadores.

Lembrando que o Masters 1000 da ATP e o WTA Premier de Cincinnati também foram transferidos para Nova York e terão quali. A fase prévia contará com 48 homens e 48 mulheres e acontece nos dias 20 e 21 de agosto. Já as chaves principais masculina e feminina terão 56 jogadores cada e acontecem entre 22 e 28 de agosto.

Um fundo de US$ 6,6 milhões (sendo US$ 3,3 mi para cada circuito) será destinado para amparar os tenistas do quali e das duplas diretamente afetados pelas mudanças no torneio. Entidades como a ATP e WTA têm o direito de fazer a devida distribuição dos recursos.

Comentários
Loja - livros
Suzana Silva