Notícias | Dia a dia
Ex-número 1: 'Federer é o único que me deixa menor'
15/06/2020 às 15h33

Madri (Espanha) - Afastado do circuito até o fim da temporada, depois de passar por nova artroscopia no joelho direito, Roger Federer foi bastante elogiado por outro ex-número 1 do mundo, o espanhol Juan Carlos Ferrero, que em entrevista a um podcast com alguns jornalistas de seu país não poupou palavras para descrever o suíço.

“Roger Federer é a única pessoa que me faz sentir menor em quadra. É o melhor jogador da história para mim”, afirmou Ferrero, que atualmente está trabalhando com o promissor compatriota Carlos Alcaraz, que com apenas 16 anos conquistou sua primeira vitória em nível ATP no Rio Open deste ano.

O espanhol não deixou de elogiar os outros dois integrantes do Big 3. “São definitivamente os três melhores jogadores da história”, comentou Ferrero, que também não deixou de enaltecer o atual líder do ranking. “Novak Djokovic é o mais compacto dos três, é um atleta incrível e com praticamente nenhuma deficiência na questão física”, observou.

“Ele é um atleta muito bom, com altura, peso e grande flexibilidade. Também joga bem em todas as superfícies e é um dos poucos que conseguem colocar a cabeça de Rafael Nadal em problemas”, acrescentou Ferrero, que aposta no austríaco Dominic Thiem como futuro campeão de Grand Slam. “Acho que ele é a pessoa mais próxima de ganhar um Slam, está indo muito bem com Nicolas Massú”, finalizou o espanhol.

Comentários
Loja - camisetas
Arena BTG