Notícias | Dia a dia
Há 22 anos, Pelé erguia o troféu de Roland Garros
07/06/2020 às 17h13

Pelé foi convidado para participar da cerimônia de premiação em 1998, ano que a França recebeu a Copa do Mundo

Foto: Divulgação

Paris (França) - Um fato curioso para o esporte brasileiro aconteceu há 22 anos em Paris. Pelé foi convidado para participar da cerimônia de premiação na final de 1998 de Roland Garros, disputada no dia 7 de junho, e protagonizou uma cena icônica ao erguer o troféu do Grand Slam francês e ser aplaudido pelo público na quadra Philippe Chatrier.

Historicamente, as entregas de troféus do Australian Open e de Roland Garros são feitas por campeões do passado. Exemplo disso é Gustavo Kuerten, que tem três títulos em Paris, e já participou algumas vezes dessas premiações em quadra.

Mas contexto de 1998 era especial. Rei do Futebol e considerado o Atleta do Século XX, Pelé estava na França para acompanhar a Copa do Mundo, que era realizada no país na mesma época do ano. A seleção da casa terminaria a competição como campeã, vencendo o Brasil na final. Além disso, havia muita expectativa do público brasileiro em Roland Garros, já que Guga havia vencido o torneio no ano anterior.

Guga, entretanto, não foi bem na edição de 1998 do Grand Slam francês. Defendendo o título, o brasileiro caiu ainda na segunda rodada, superado por Marat Safin em cinco sets. No entanto, ele voltaria a triunfar em Paris nos anos de 2000 e 2001. O campeão de 1998 foi Carlos Moyá, que venceu uma final espanhola contra Alex Corretja por 6/3, 7/5 e 6/3.

Comentários
Loja - camisetas
Suzana Silva