Notícias | Dia a dia
Becker não descarta voltar a trabalhar como técnico
07/06/2020 às 09h13

Além de ter treinado Djokovic no passado, Becker também administra equipes alemãs

Foto: Divulgação

Monte Carlo (Mônaco) - Lenda do tênis alemão, Boris Becker não descarta uma retomada da carreira como treinador. O ex-número 1 do mundo já trabalhou como técnico de Novak Djokovic e participou ativamente de seis dos 17 títulos de Grand Slam do sérvio. Desde então, Becker assumiu um cargo como diretor do tênis masculino na Federação Alemã, além de também atuar como comentarista de TV.

"Eu não descartaria a possibilidade de me tornar técnico novamente", disse Becker ao podcast Vocal Athletes do Eurosport alemão. "Na situação atual, não é possível porque sou responsável pela equipe masculina da Alemanha. Mas nada é para sempre. Se existirem jogadores que me interessem, que me permitam treinar e queiram ser abertos comigo, isso é algo que eu definitivamente poderia considerar", acrescenta o alemão, que está com 52 anos.

"O problema é que consome muito tempo. Como treinador do Djokovic, passava entre 25 a 30 semanas por ano com ele. Eu tenho uma família e outros projetos profissionais que preciso gerenciar. Mas não quero descartar totalmente", complementou o vencedor de oito títulos de Grand Slam, que foi técnico de Djokovic entre 2013 e 2016.

Comentários
Raquete novo
Suzana Silva