Notícias | Dia a dia
Mudanças no US Open podem atingir quali e duplas
04/06/2020 às 19h05

Chave de duplas pode ter um número de jogadores reduzido

Foto: Arquivo

Nova York (EUA) - Apesar dos esforços que os organizadores do US Open estão fazendo para manter viável a edição de 2020 do torneio, as mudanças e adaptações na competição podem atingir seriamente um grande número de jogadores. Há o risco de reduzir a chave de duplas e eliminar as rodadas do qualificatório, além também cancelar os torneios de duplas mistas, juvenis e do tênis em cadeira de rodas.

Essas medidas visariam reduzir a circulação de pessoas pelo Grand Slam norte-americano e manter as chaves de simples, masculina e feminina, com 128 tenistas. Caso seja mantido no calendário, o evento contará com um rígido protocolo de segurança, que inclui testes negativos de Covid-19 antes dos tenistas viajarem, verificações diárias de temperatura, entre outros.

Ainda que o torneio seja disputado sem público, o jornalista Jon Wertheim (do Tennis Channel e da revista Sports Illustrated) divulgou em seu perfil no Twitter que não haveria um impacto muito grande na premiação em dinheiro destinada aos jogadores. Segundo Wertheim, a redução seria de apenas 5% em relação aos prêmios pagos no ano passado.

Ainda de acordo com o jornalista, a Associação de Tênis dos Estados Unidos (USTA) já estuda um protocolo para o caso de algum tenista testar positivo para a Covid-19. Nesse cenário, o atleta seria isolado em seu quarto e automaticamente retirado da disputa. Como a entidade ainda não se pronunciou oficialmente, não há resposta sobre a ação a ser tomada em caso de exames que apontem resultados falso-positivos.

Comentários
Loja - livros
Suzana Silva