Notícias | Dia a dia
Tenistas de ranking baixo ganharão menos de US$ 2 mil
31/05/2020 às 17h22

Nova Déli (Índia) - A Federação Internacional de Tênis (ITF) decidiu ampliar o apoio financeiro aos jogadores de ranking mais baixo além do fundo de US$ 6 milhões já divulgado, que foi fruto de uma união de forças entre ATP, WTA, os Grand Slam e os principais jogadores, liderados pelo sérvio Novak Djokovic.

"Será uma ajuda aos jogadores classificados entre 500 e 700, tanto homens como mulheres. Também serão ajudados os duplistas entre 175 e 300. Embora não seja muito, eles receberão alguma coisa. Será um valor nominal inferior a US$ 2 mil, que irá para as federações e estas repassarão aos tenistas", disse uma fonte interna da ITF para o Times of India.

Também foi dito que apenas jogadores que participaram regularmente do circuito nos últimos 10 meses é que receberão tal ajuda. “Os Grand Slam estão planejando ajudar aqueles além do top 200, mas esse fundo vai bem mais embaixo e será em pagamento único”, afirmou a fonte anônima.

O presidente David Haggerty já havia comentando sobre essa ajuda para os jogadores de mais baixo ranking, mas sem falar em valores. "A ITF está revisando todas as opções viáveis e apropriadas para fornecer suporte onde for mais necessário entre nossos diferentes interessados", disse o mandatário da ITF.

Comentários
Raquete novo
Suzana Silva