Notícias | Dia a dia
Nadal avisa que não se contenta com 'novo normal'
31/05/2020 às 11h25

Manacor (Espanha) - A pandemia do novo coronavírus não apenas forçou a suspensão do circuito, como também diversas medidas de restrição para a população ao redor do mundo. O espanhol Rafael Nadal reconhece a necessidade de se cumprir as normas no momento, mas avisou que irá lutar para que depois possamos retomar a vida o mais perto do normal.

“Imagino as quadras e os estádios cheios, é assim que gostaria de vê-los. Precisamos ser pacientes e encontrar remédios, mas não acredito em procurar um novo normal. A nova normalidade será a que aceitarmos”, disse o canhoto de Mallorca em entrevista por telefone para o El País.

“Eu gosto de ver as pessoas, abraçar as pessoas e compartilhar as coisas com os outros. Temos que procurar isso novamente, não podemos nos contentar em cumprir eternamente as medidas de distanciamento”, acrescentou o atual número 2 do mundo.

Nadal também falou sobre sua responsabilidade junto ao Conselho de Jogadores e a importância de ajudar os tenistas que mais precisam da melhor maneira possível. “Diferentes medidas foram tomadas e uma delas foi criar um fundo para que os top 100 contribuam para ajudar aqueles em dificuldades, não apenas os jogadores”, falou o espanhol.

“Em tempos difíceis, você é forçado a pensar em quem está pior que você”, complementou Nadal, que vê um futuro muito complicado chegando. “Vamos precisar da experiência dos melhores para sair disso. Tenho opiniões muito claras, mas infelizmente não posso me pronunciar porque o que digo no final é considerado uma questão política”, lamentou.

Comentários
Loja - livros
Suzana Silva