Notícias | Dia a dia
US Open planeja sérias restrições para acontecer
31/05/2020 às 09h11

Nova York (EUA) - Os responsáveis pelo US Open não vão desistir fácil da organização do torneio em 2020 e mesmo com todo o receio após a pandemia do coronavírus, a competição deverá acontecer, mas com sérias restrições e um enorme protocolo de segurança, que inclui testes negativos de Covid-19 antes dos tenistas viajarem, verificações diárias de temperatura, entre outros.

Tudo isso ainda está muito fluido, não tomamos nenhuma decisão", disse Stacey Allaster, diretora executiva de tênis profissional da Associação Norte-americana de Tênis (USTA), em entrevista por telefone para a AP no último sábado

Para receber jogadores de vários pontos do mundo, poderão ser organizados comboios, para que aqueles vindos da Europa, América do Sul e Oriente Médio cheguem em Nova York em grupos. O cenário também prevê ausência de público, menos funcionários em quadra e também sem acesso ao vestiário nos dias de treino.

“Continuamos, eu diria, 150% focados em criar um ambiente seguro para a realização do US Open no Centro Nacional de Tênis Billie Jean King, em Nova York, em nossas datas. É só nisso que penso quando acordo”, disse Allaster, que ainda deixou no ar a possibilidade de mudança de local e garantiu que a decisão será tomada entre o meio e o final de junho.

Comentários
Loja - livros
Suzana Silva