Notícias | Dia a dia
'Big 3' voltará com tudo da paralisação, diz croata
31/05/2020 às 08h50

Munique (Alemanha) - Responsável por dirigir uma academia de tênis em Oberschleißheim, perto de Munique, por onde já passaram jogadores como Michael Stich, Novak Djokovic, Ernests Gulbis e Anastasija Sevastova, o veterano croata Niki Pilic falou um pouco sobre o momento atual do tênis em entrevista ao AZ Munich.

Vice-campeão de Roland Garros em 1973, o croata ex-top 10 acredita que quando o circuito recomeçar veremos alguns resultados muito estranhos no primeiro mês. Entretanto, ele acredita que o suíço Roger Federer, o espanhol Rafael Nadal e o sérvio Novak Djokovic certamente conseguirão se recuperar mais rapidamente.

"Haverá resultados muito estranhos no primeiro mês. Mas profissionais como Roger Federer, Rafael Nadal ou Novak Djokovic já sabem exatamente o que precisam fazer. Eles treinam tudo o que é possível, mantêm a forma e não ficam preguiçosos em casa”, comentou Pilic, que venceu a Copa Davis como capitão por três nações diferentes: Alemanha, Croácia e Sérvia.

Apesar dos 80 anos, Pilic disse sentir falta de não fazer nada nos tempos de quarentena e comemorou o relaxamento do isolamento social. “Posso jogar tênis novamente, graças a Deus. temos que ter cuidado, manter distância e tudo mais. Esses últimos 42 dias foram muito difíceis para mim”, finalizou o campeão de duplas do US Open em 1970.

Comentários
Raquete novo
Suzana Silva