Notícias | Dia a dia
Federer é atleta mais bem pago do mundo pela 1ª vez
29/05/2020 às 10h39

Nova York (EUA) - Nesta sexta-feira a prestigiada revista Forbes divulgou a lista completa dos atletas mais bem pagos do último ano e o suíço Roger Federer aparece na primeira colocação. O tenista da Basileia faturou US$ 106,3 milhões nos últimos 12 meses, sendo US$ 100 milhões em patrocínios e US$ 6,3 milhões em premiações.

Logo atrás de Federer aparece uma trinca do futebol, com o português Cristiano Ronaldo em segundo (US$ 105 milhões), o argentino Lionel Messi em terceiro (US$ 104 milhões) e o brasileiro Neymar em quarto (US$ 95,5 milhões). Completando o top 5 vem a estrela do basquete norte-americano LeBron James (US$ 88,2 milhões).

Federer ocupa o primeiro lugar pela primeira vez e apenas o nono atleta a conquistar a liderança desde 1990. Ele também é o primeiro tenista na história de 30 anos do ranking da Forbes a chegar ao topo da lista.

O faturamento dos atletas mais bem pagos do mundo caiu pela primeira vez em quatro anos, de acordo com o ranking, pois o coronavírus causou estragos nos esportes e cancelou ou adiou muitos eventos. Os 100 atletas mais bem pagos somaram US$ 3,6 bilhões este ano, 9% a menos do que em 2019, sendo o primeiro declínio desde 2016.

Ao todo são seis os tenistas entre os 100 que mais faturaram no último ano, nenhum deles no top 20. O segundo mais bem colocado é o sérvio Novak Djokovic (23º) com menos da metade de Federer. Atual líder do ranking, ele somou US$ 44,6 milhões (US$ 12,6 milhões em patrocínios e US$ 32 milhões em premiações).

Um pouco atrás vem o espanhol Rafael Nadal (27º) com US$ 40 milhões, sendo US$ 14 milhões em patrocínios e US$ 26 milhões em  premiações. Únicas mulheres na lista, a japonesa Naomi Osaka (29ª - US$ 37,4 milhões) e a norte-americana Serena Williams (33ª - US$ 36 milhões) também figuram no top 100, bem como o japonês Kei Nishikori (40º- US$ 32,1 milhões).

Comentários
Loja - livros
Suzana Silva