Notícias | Outros
Academias de tênis doam 2 toneladas de alimentos
26/05/2020 às 17h28

Escolinha Fabiano de Paula na Rocinha será um dos projetos beneficiados

Foto: Fotojump

Rio de Janeiro (RJ) - Uma parceria entre a Tennis Route, o Instituto Tênis e a LATAM Airlines doará duas toneladas de alimentos para quatro projetos sociais de tênis no Rio de Janeiro. Aproximadamente 800 famílias dos projetos Escolinha Fabiano de Paula, Futuro Bom, Tênis na Lagoa e Fundetênis serão beneficiados e receberão doações a partir desta quinta-feira.

"Vivemos tempos difíceis diante do atual cenário enfrentado, a pandemia causou um enorme transtorno financeiro, onde os mais atingidos são os mais necessitados", disse Michel Peters, Gestor da Tennis Route. "Receber a ajuda de parceiros nesse momento de crise foi fundamental para que possamos direcionar e auxiliar famílias e instituições que necessitam de apoio".

Para Raphael Barone, diretor-executivo do Instituto Tênis, os projetos mantidos pela entidade que em diversas regiões do país ajudaram no direcionamento dos recursos. "Com o projeto Massificação Maria Esther Bueno, levamos o tênis para crianças de escolas públicas em diversas regiões do país, o que permite estarmos próximos de comunidades que foram duramente afetadas pela pandemia do novo coronavírus. É justamente por essa rede de relacionamento e o contato direto com as comunidades que conseguimos fazer parcerias com entidades e empresas".

Fabiano de Paula, padrinho e idealizador da Escolinha de Tênis Fabiano de Paula, disse: "Muito feliz com esse apoio às famílias da Escola. Vivemos um momento sem precedentes, os alunos não estão podendo treinar e suas famílias passando necessidade. Então essa ajuda vem em ótimo momento. Só tenho a agradecer", comenta o ex-top 200, que mantém uma escolinha com mais 100 alunos na comunidade da Rocinha.

No Fundetênis serão beneficiadas até 50 famílias da comunidade do Engenho, situada no bairro de Pilares, no projeto coordenado por Artur Ricardo. O Instituto Futuro Bom, de Marcus Vinicius Meira Fonseca, beneficia cerca de 400 famílias, além de ajudar moradores de rua no Vidigal, Pavão Pavãozinho, Cruzada São Sebastião, Rocinha e de Nova Iguaçu. Já o projeto Tênis na Lagoa, comandado por Alexandre Borges, possui cerca de 240 alunos das comunidades do Vidigal, Tabajaras, Rocinha, entre outros.

Comentários
Raquete novo
Suzana Silva