Notícias | Dia a dia
Americano não faz exame antidoping e é suspenso
26/05/2020 às 17h01

Londres (Inglaterra) - O norte-americano de 29 anos Maksim Tikhomirov aceitou voluntariamente uma suspensão provisória da Federação Internacional de Tênis (ITF) depois de violar uma regra do antidoping. O atual 726º colocado no ranking da ATP deixou de realizar um exame na data marcada.

Segundo a Federação Internacional, o incidente aconteceu no dia 28 de janeiro, enquanto Tikhomirov disputava um torneio ITF M15 em Cancún, no México. O tenista foi selecionado para um exame de urina, mas não assinou o formulário de notificação e tampouco ofereceu a amostra do exame que lhe foi requerida.

A entidade esclarece que recusas ou faltas injustificadas aos exames constituem violações ao Programa Antidoping do Tênis. O jogador cumpre suspensão provisória desde o dia 20 de maio. O período em que ele ficar voluntariamente afastado das quadras será descontado do tempo total de suspensão quando a sentença definitiva do caso for publicada.

Apesar de ter nascido na Rússia, Tikhomirov teve sua formação como tenista feita nos Estados Unidos desde o circuito juvenil. O melhor ranking de sua carreira foi o 672º lugar, alcançado no ano passado. Também na última temporada, conquistou dois torneios profissionais de nível future nas duplas. Esses títulos são os únicos de sua carreira.

Comentários
Loja - livros
Suzana Silva