Notícias | Dia a dia
Há 15 anos, Nadal vencia 1º jogo em Roland Garros
23/05/2020 às 14h51

Nadal já era um dos cinco melhores do mundo e chegou em Paris com campanha notável no saibro

Foto: Arquivo

Paris (França) - Foi no dia 23 de maio de 2005, há exatos 15 anos, que o canhoto Rafael Nadal iniciou sua série incrível de sucesso sobre o saibro de Roland Garros, uma das mais espetaculares da história de qualquer esporte.

Impedido de estrear uma temporada antes devido a problema no joelho, Nadal entrou em quadra com 18 anos para enfrentar o alemão Lars Burgsmuller, mas já era o número 5 do mundo. Afinal, meses antes havia sido campeão do Brasil Open, Acapulco, Monte Carlo, Barcelona e Roma, todos sobre o saibro, além do vice na quadra dura de Miami.

Burgsmuller ocupava o 96º posto, sem grande currículo, e foi superado por 6/1, 7/6 (7-4) e 6/1. Nos 94 jogos seguintes que fez em Roland Garros, o canhoto espanhol ganhou 92 e só perdeu dois, em 2009 para Robin Soderling e em 2015 para Novak Djokovic.

Em 2005, a campanha incluiu vitórias sobre Xavier Malisse (então 46º), Richard Gasquet (31º), Sebastian Grosjean (24º), David Ferrer (21º), Roger Federer (1º) e por fim Mariano Puerta (37º). O também canhoto argentino foi o único que conseguiu iniciar o jogo com um set à frente, 6/7, mas levou virada por 6/3, 6/1 e 7/5.

A conta de Roland Garros no Youtube irá mostrar esta histórica partida entre Nadal e Burgsmuller a partir de segunda-feira. Quem quiser, pode pedir para ser lembrado pelo sistema.

Curiosamente, Burgsmuller virou médico radiologista e raramente joga tênis nos dias de hoje. Mas ele se lembra bem do duelo de 15 anos atrás: "Eu já havia enfrentado Nadal em Indian Wells e perdido fácil, então sabia o que teria pela frente. Todo mundo já falava que ele seria um dos grandes do saibro. Naquela partida de Paris, eu tinha grande dificuldade de ganhar os pontos. Ele era muito rápido e isso me forçava a tentar definir rapidamente os pontos".

Comentários
Loja - livros
Suzana Silva