Notícias | Dia a dia
Osaka ultrapassa Serena e é a atleta mais bem paga
22/05/2020 às 14h06

Osaka e Serena são as únicas mulheres no top 100 de atletas mais bem pagos do ano

Foto: Arquivo

Nova York (EUA) - A revista norte-americana Forbes divulgou nesta sexta-feira que a japonesa Naomi Osaka foi a atleta mais bem paga de 2019. Com isso, Osaka ficou pela primeira vez à frente de Serena Williams, que liderava essa lista desde 2016.

Considerando os ganhos de atletas homens e mulheres, a japonesa de 22 anos está na 29ª posição do ranking, enquanto Serena esta na 33ª posição. Esta é a primeira vez desde 2016 que duas mulheres aparecem entre os 100 atletas mais bem pagos. A relação completa será divulgada na próxima semana.

Osaka faturou US$ 37,4 milhões entre premiações de torneios e contratos de patrocínio. Esse valor é US$ 1,4 milhão a mais do que Serena recebeu. Além disso, a marca estabelecida pela japonesa é um recorde histórico de ganhos para uma atleta feminina em um único ano. Maria Sharapova tinha o recorde anterior com US$ 29,7 milhões em 2015.

Desde 2011, as tenistas lideram a lista de atletas mais bem pagas entre as mulheres. Maria Sharapova encabeçou o ranking por cinco anos seguidos, enquanto Serena Williams foi a líder durante quatro temporadas. Além disso, desde 2012, as únicas mulheres no top 100 foram Serena, Sharapova, Osaka e a chinesa Na Li.

A lista da Forbes de atletas mais bem pagos começou a ser feita em 1990. Já naquela época, o tênis já se destacava, com Steffi Graf e Martina Hingis liderando o ranking na maioria dos casos. Além disso, Venus Williams foi a atleta mais bem paga em 2003.

Comentários
Loja - livros
Suzana Silva