Notícias | Dia a dia
Noah elogia Kyrgios e chama seus críticos de idiotas
20/05/2020 às 09h28

Paris (França) - Último francês a levantar a taça em Roland Garros, triunfando em 1983, Yannick Noah completou 60 anos na última segunda-feira. Uma das lendas do tênis em seu país, ele concedeu entrevista ao jornal L'Équipe na qual analisou a interrupção no circuito e a situação atual no mundo do tênis, enaltecendo bastante a figura do australiano Nick Kyrgios

“Gosto do Kyrgios porque oferece alguma coisa diferente. Quando o vejo sacar por baixo porque Nadal está longe da linha de base, fico louco. Desaprovo completamente a reação dos idiotas que dizem que é desrespeitoso, essas pessoas não entendem nada. Nada! Se você não tentar algo novo contra Rafa, não terá chance”, afirmou o francês.

“Sacar por baixo pode ser uma arma efetiva contra Rafa ou Thiem, que jogam longe da linha de base. Eu gosto de Kyrgios porque ele é criativo, ele é como Benoit Paire, só que mais forte”, complementou Noah, que também analisou como a pausa no circuito poderá interferir nos jogadores.

O francês acredita que os tenistas poderão aproveitar o tempo para buscar evoluções. “Durante os intervalos eu tentava preencher minhas lacunas. Mas você não tem tempo para trabalhar como o circuito foi projetado. Uma recuperação física é mais rápida, mas uma melhora técnica leva tempo, dois ou três meses”, comentou Noah.

“Essa é a ocasião perfeita para os jogadores tentarem mudar a técnica de algum movimento e voltar mais fortes. Todos os tenistas fora do top 10 têm algo a melhorar”, complementou o francês, que criticou um pouco a proposta feita pelo sérvio Novak Djokovic de ajudar tenistas de menor ranking.

“Acho que o gesto dos jogadores ajudando aqueles que estão em rankings mais baixos muito elegante. Mas eu não gosto que isso seja uma obrigação. Essa ideia de dar de volta ao tênis que ele nos deu é boa, mas os caras que treinaram para estar lá em cima não têm obrigação e não devem nada a ninguém”, analisou o ex-número 3 do mundo, dono de 23 títulos na ATP.

Comentários
Loja - livros
Suzana Silva