Notícias | Dia a dia
Após seis cirurgias, Jamie Hampton encerra carreira
19/05/2020 às 14h32

A norte-americana não jogava desde 2014, mas fez de tudo para voltar

Foto: Divulgação

Boca Raton (EUA) - Depois de lidar com uma série de lesões nos últimos anos, a norte-americana Jamie Hampton decidiu encerrar sua carreira profissional. A jogadora de 30 anos e ex-número 24 do mundo já não atuava desde 2014 e anunciou, nesta terça-feira, que é o momento de deixar de vez as quadras e ter novos planos, focando nos estudos.

Na tentativa de voltar ao tênis profissional, Hampton passou por seis cirurgias em um intervalo de 18 meses. Foram três operações no quadril (duas no lado direito e uma no esquerdo), além de cirurgias nos dois tendões de aquiles e no cotovelo direito. Isso sem contar que ela também havia operado o punho quando ainda tinha 19 anos.

Hampton conquistou um título de WTA na grama de Eastbourne, em 2013, ano em que alcançou o melhor ranking da carreira. Na campanha para ganhar seu único troféu, ela chegou a derrotar Agnieszka Radwanska e Caroline Wozniacki. Sua outras vitória contra top 10 foi diante de Petra Kvitova em Roland Garros.

Durante a curta carreira profissional, Hampton conseguiu 184 vitórias e 113 derrotas no circuito e acumulou uma premiação de pouco mais de US$ 1 milhão. Seus melhores resultados em Grand Slam foram obtidos em 2013, ano em que chegou às oitavas de Roland Garros e à terceira rodada na Austrália e no US Open.

"Quem acompanhou a minha carreira no tênis sabe que eu passei por inúmeras cirurgias nos últimos anos. Infelizmente, elas não tiveram sucesso o suficiente para que eu pudesse voltar ao circuito", escreveu Hampton, em seu perfil no Twitter.

"Enfrentar essa realidade não poderia ter sido mais frustrante e demorei muitos anos para superar isso", acrescentou. "O tênis foi meu primeiro amor, e mesmo que tenha passado anos desde a última vez que eu competi, ainda é de partir o coração dizer oficialmente adeus", comenta a norte-americana. "Tive a sorte de ser aceita e uma universidade e vou começar as aulas no próximo outono. Desejem-me sorte!"

Comentários
Loja - livros
Suzana Silva