Notícias | Dia a dia
Governo de NY cogita realizar esportes sem público
18/05/2020 às 18h12

Buffalo (EUA) - O governador de Nova York, Andrew Cuomo, disse nesta segunda-feira que as equipes esportivas profissionais do estado devem começar a planejar a retomada de suas atividades sem a presença de público nos estádios e arenas. Depois de ter sido um dos epicentros da Covid-19 nos Estados Unidos, o estado vem registrando um declínio nas hospitalizações, intubações e mortes relacionadas ao novo coronavírus.

"Eu tenho incentivado que as grandes equipes esportivas possam planejar reabertura sem torcida, mas esses jogos podem ser televisionados", disse Cuomo, durante uma entrevista coletiva realizada no Roswell Park Cancer Institute, em Buffalo. "O estado de Nova York ajudará as equipes nesse momento. Hóquei, basquete, beisebol, futebol... Para quem puder reabrir, seremos um parceiro pronto, disposto e capaz".

Apesar de o comunicado ter como principal destino as equipes de grandes ligas dos esportes coletivos, o incentivo à reabertura gradual das instalações esportivas é uma boa notícia para os organizadores do US Open. O Grand Slam nova-iorquino está marcado para acontecer entre 31 de agosto e 13 de setembro e seu futuro será definido no dia 1º de junho, em reunião de dirigentes do tênis.

O último comunicado oficial vindo da organização do US Open data de 30 de abril. Na ocasião, a Associação de Tênis dos Estados Unidos (USTA) reiterava o desejo de manter o evento nas mesmas datas e com a presença de público nos estádios. No entanto, os cenários que surgiram nas últimas semanas de fazer o evento sem público ou até mesmo uma possível mudança de sede do torneio não estão descartados.

Comentários
Loja - camisetas
Suzana Silva