Notícias | Dia a dia
Há 14 anos, Nadal batia Federer em 5 sets na Itália
17/05/2020 às 16h42

Nadal salvou dois match points e venceu duelo com cinco horas de duração

Foto: Divulgação

Roma (Itália) - Se o circuito não estivesse paralisado por conta da pandemia da Covid-19, a final do Masters 1000 de Roma seria disputada neste domingo. Para celebrar essa data, a ATP relembrou uma decisão histórica ocorrida há 14 anos. Na edição de 2006 do torneio italiano, Rafael Nadal levou a melhor em um duelo de cinco sets contra Roger Federer com parciais de 6/7 (0-7), 7/6 (7-5), 6/4, 2/6 e 7/6(7-5). O histórico duelo teve 5h05 de duração. E com a vitória, Nadal igualava a marca de 53 vitórias seguidas no saibro, até então pertencente a Guillermmo Vilas.

Aquele foi apenas o segundo dos nove títulos de Nadal no saibro da capital italiana. A histórica rivalidade de 40 jogos entre o suíço e o espanhol ainda estava começando a tomar forma. O duelo no Foro Itálico foi apenas o sexto entre eles e Nadal conseguiria sua quinta vitória diante do rival. No mesmo ano, ele já havia derrotado Federer nas finais de Dubai e Monte Carlo, e voltaria a levar a melhor em Roland Garros. O suíço daria o troco na final de Wimbledon e na semi do ATP Finals.

Esta foi a única das partidas entre Federer e Nadal em que o vencedor fez menos pontos que o adversário. O espanhol marcou 174 no total, contra 179 do suíço. Federer chegou a ter dois match points quando vencia o último set por 6/5 e teve a chance de quebrar o saque do adversário, mas cometeu dois erros não-forçados seguidos com o forehand. O suíço também ficou muito perto da vitória no tiebreak decisivo, em que liderou por 5-3, antes de Nadal vencer os últimos quatro pontos da partida. Até hoje, Federer nunca venceu o Masters italiano.

Comentários
Loja - livros
Suzana Silva