Notícias | Dia a dia
Circuito vive expectativa por novos cancelamentos
14/05/2020 às 15h59

Futuro dos torneios marcados para julho será definido nesta sexta-feira

Foto: Arquivo

Londres (Inglaterra) - A sexta-feira será mais uma data importante para o calendário do tênis bastante afetado pela pandemia da Covid-19. As competições oficiais do circuito estão suspensas até 13 de julho e há expectativa para que esse prazo seja prorrogado. Como tem sido nas últimas semanas, as decisões de cancelamentos de torneios têm sido tomadas de maneira conjunta pela ATP, WTA e ITF.

Presidente da ATP, o italiano Andrea Gaudenzi declarou no último domingo que a entidade trabalharia com duas datas para rever os prazos de suspensão do circuito. A primeira é do dia 15 de maio, ou seja esta sexta-feira, para avaliar a situação de todos os torneios que marcados para julho. Já no 1º de junho será discutido o futuro dos torneios do verão americano, inclusive do US Open.

Tradicionalmente, julho é um mês com muitos torneios menores no saibro e ao início da transição para as quadras de piso duro. Estariam cancelados os ATPs de Hamburgo, Bastad, Gstaad, Umag e Kitzbuhel, além dos WTA de Bucareste, Lausanne, Palermo, Jurmala e Karlsruhe. Outros torneios da ATP como Newport (grama), Los Cabos e Atlanta (piso duro) também sairiam do calendário. Lembrando que a direção de Hamburgo já busca uma nova data para o torneio.

Há também algumas competições posteriores que já estão sendo canceladas, especialmente nos torneios de nível challenger. O caso mais expressivo é o do WTA Premier 5 de Montréal, que estava marcado para acontecer entre os dias 10 e 16 de agosto. Na mesma semana, o Masters 1000 de Toronto permanece no calendário do circuito masculino, mas também corre riscos.

Comentários
Loja - livros
Suzana Silva