Notícias | Dia a dia
Sevastova ganha principal prêmio 'Fed Cup Heart'
14/05/2020 às 15h58

A Federação Internacional anunciou as vencedoras da 11ª edição do “Fed Cup Heart Award”, após a votação dos fãs pelo desempenho durante a Fed Cup, em fevereiro, nos qualificatórios e nos eventos regionais do Grupo I. Anastasija Sevastova, da Letônia, ganhou a competição com Carla Suarez Navarro, Leylah Annie Fernandez e Aliaksandra Sasnovich, e foi eleita a vencedora do Fed Cup Heart Award dos qualifiers da Fed Cup. Os três prêmios regionais do Grupo I, no valor de US$ 2 mil cada, foram conquistados por Anett Kontaveit, da Estônia (Europa/ África), Fernanda Contreras Gomez, do México (Américas) e Sania Mirza, da Índia (Ásia/ Oceania).

A letã Sevastova surpreendeu Serena Williams, dona de 23 títulos de Grand Slam e que estava sem perder em 14 jogos de simples da Fed Cup, ganhando o 3º set no tie-break. Sevastova escolheu um banco nacional de alimentos para destinar sua premiação em dinheiro, no valor de US$ 3 mil. “Estou muito honrada de ter sido incluída este ano no ‘Heart Award’. É uma grande conquista e privilégio.” 

A mexicana Fernanda Contreras Gomez venceu todos os seus jogos de simples e duplas, exceto um, com o México derrotando o Paraguai no tie-break do terceiro set do confronto valendo vaga nos playoffs da Fed Cup. Sua instituição de caridade escolhida é a Associação Mexicana de Assistência à Criança com Câncer (AMANC). “Estou muito agradecida. Eu não poderia ter feito isso sem minha equipe, meus amigos, minha família e meu país. Não tenho palavras para descrever como me sinto, mas o mais importante é que vamos ajudar as crianças que precisam de mais amor e ajuda. Obrigado à Fed Cup por organizar isso.”

A indiana Sania Mirza fez sua primeira aparição na Fed Cup pela Índia em 2016 e registrou sua terceira vitória nas duplas, ponto decisivo que garantiu a classificação do país nos play-offs. A instituição de caridade escolhida é o Fundo de Socorro do Ministro-Chefe Telangana. “É uma honra ser a primeira indiana a ganhar o Fed Cup Heart Award. Dedico este prêmio a todo o país, aos meus fãs e agradeço a todos por votarem em mim. Espero trazer mais louros para o país no futuro. Quero doar o dinheiro que recebo desse prêmio para o Fundo de Socorro, pois o mundo está passando por momentos muito difíceis com o vírus.”

Anett Kontaveit venceu todos os seus jogos de singles diante da torcida em Tallinn, quando a Estônia conquistou uma vaga nas eliminatórias, tendo derrotado a então número 5 do mundo Elina Svitolina.

Desde que o primeiro prêmio, concedido a Melanie Oudin (EUA) em 2009, mais de US$ 200.000 já foram doados para instituições de caridade em todo o mundo.

Comentários
Loja - livros
Suzana Silva