Notícias | Dia a dia
Mãe fala que vários patrocinadores recusaram Djoko
14/05/2020 às 12h49

Belgrado (Sérvia) - Para alcançar o topo do ranking mundial e se colocar na briga pela condição de melhor de todos os tempos, o sérvio Novak Djokovic teve que superar muitas adversidades e falta de apoio em seu começo no tênis. A mãe do atual número 1 do mundo lembrou, em entrevista para o Blick, dos momentos duros que a família enfrentou no passado.

“Acordava todas as manhãs e não sabia como comprar pão para nós, não tínhamos apoio na Sérvia e foram muitas as noites sem dormir. A preocupação me deixou doente”, disse Dijana Djokovic, que na mesma entrevista revelou ter priorizado Novak em relação aos irmãos mais novos.

“Nós não tivemos escolha. Srdjan (pai de Novak) bateu em milhares de portas para encontrar um patrocinador, conversou com empresários sobre a possibilidade de investir em Novak, mas as pessoas não ouviram. Que pena, eles provavelmente teriam feito milhões hoje”, acrescentou a matriarca dos Djokovic.

Dijana ainda contou que o pai de Novak pediu dinheiro emprestado a pessoas que fazem negócios ilegais. “Claro que queriam isso de volta com juros altos. Estávamos girando em círculos. Para pagar essas dívidas, tivemos que pedir outros empréstimos e quanto mais sentiam a urgência com que precisávamos, mais eles aumentavam a taxa de juros”, finalizou a mãe de 'Nole'.

Comentários
Loja - livros
Suzana Silva