Notícias | Dia a dia
Roddick afirma que 2006 foi o melhor ano de Federer
14/05/2020 às 09h39

Nova York (EUA) - Enquanto alguns afirmam que o suíço Roger Federer vem melhorando com o tempo, para o norte-americano Andy Roddick a maior temporada feita pelo tenista da Basileia foi há mais de 10 anos. Em entrevista ao Tennis.com, o ex-número 1 do mundo afirmou que o Federer de 2006 foi incrível e algo que nunca viu igual.

“Foi definitivamente impressionante ver como ele jogou naquela temporada. Não tenho dúvidas de que alcançou seu pico naquele ano. Roger não foi apenas o melhor atacando os rivais, mas também se defendeu muito bem, tinha um equilíbrio no tênis quase impossível de conseguir”, afirmou o norte-americano.

Roddick teve dois duelos com Federer naquele ano, o primeiro deles na final do US Open, quando foi derrotado em quatro sets, e o outro na fase de grupos do ATP Finals, superado de virada pelo suíço. “Cheguei a Nova York estava muita confiança, pois havia conquistado o título em Cincinnati e me sentia ótimo”, lembrou o ex-líder do ranking.

“Entrei em quadra na final convencido de que poderia machucar Roger. Ainda não havia jogado contra ele naquela temporada, então não podia suspeitar do que aconteceria comigo. Equilibrei o jogo por um tempo e me sentia competitivo, mas de repente foi como se uma bola de neve gigante estivesse correndo sobre mim em uma montanha”, completou.

O norte-americano chegou até a tirar um set de Federer naquela partida, mas depois que viu Federer fazer 7/5 no terceiro e abrir 2 a 1 no placar, acabou sendo dominado e venceu somente mais um game, caindo com o placar final de 6/2 4/6, 7/5 e 6/1, após 2h25 de embate.

Comentários
Loja - livros
Calhau