Notícias | Dia a dia
Canadá irá ajudar 23 tenistas afetados pela pandemia
12/05/2020 às 18h44

A jovem de 17 anos Leylah Fernandez vive ótimo momento no circuito e será uma das beneficiadas

Foto: Arquivo

Ottawa (Canadá) - O Banco Nacional do Canadá está oferecendo ajuda financeira para 23 tenistas do país que estão enfrentando dificuldades econômicas por causa da pandemia da Covid-19. O anúncio foi feito na última segunda-feira pela Tennis Canada, a federação de tênis do país. A relação completa de jogadores beneficiados pela ajuda já está disponível no site da federação. 

As doações variam entre 10 mil e 20 mil dólares canadenses, o equivalente a US$ 7 mil a US$ 14 mil. Os valores dependerão do ranking de cada jogador. Entre os tenistas profissionais, o dinheiro ajudará os tenistas profissionais entre o 100º a 750º em simples e entre a 25ª e a 100ª posição nas duplas,

A ajuda financeira também será destinada aos juvenis, que estejam no top 100 do ranking mundial da categoria da ITF. Outros beneficiados são os praticantes do tênis em cadeira de rodas que apareçam no top 50 do ranking da Federação Internacional.

Uma das atletas beneficiadas é a promissora atleta de 17 anos Leylah Fernandez, atualmente no 118º lugar do ranking da WTA e que já venceu nomes como Belinda Bencic e Sloane Stephens neste início de temporada. A lista de jogadores beneficiados também conta com nomes como Sharon Fichman, Brayden Schnur, Peter Polansky e Rebecca Marino.

Praticamente todos os torneios oficiais de tênis que aconteceriam no país entre os meses de março e agosto foram cancelados. Isso inclui o fortíssimo Premier 5 de Montréal, que aconteceria entre os dias 10 e 16 de agosto. O Masters 1000 de Toronto, marcado para as mesmas datas, segue no calendário, mas corre risco. Lembrando que todas competições oficiais do circuito estão suspenas até 13 de julho.

Comentários
Loja - livros
Suzana Silva