Notícias | Dia a dia
Sem público, RG perderia metade de sua renda total
12/05/2020 às 16h07

Paris (França) - Possibilidade que primeiro foi descartada, mas agora já pode ser adotada pela organização de Roland Garros, a disputa do torneio a portas fechadas e sem o público pode causar um enorme impacto nas contas do Grand Slam francês. De acordo com o jornal L'Equipe, somente o valor faturado com bilheteria é responsável por metade da renda total da competição.

Ainda assim, a direção da competição parisiense fez uma mudança na política de devolução de ingressos por conta do adiamento e resolveu reembolsar os compradores de todas as entradas adquiridas para as datas originais do torneio, que aconteceria entre 24 de maio e 7 de junho. A ideia visa dar mais liberdade ao Grand Slam francês em caso de restrições à presença de público nos estádios.

Comentários
Loja - livros
Suzana Silva