Notícias | Dia a dia
'Não estou pregando nada', se defende Djokovic
12/05/2020 às 12h55

Marbella (Espanha) - A repercussão negativa que vem tendo as ‘lives’ feitas pelo sérvio Novak Djokovic em sua conta no Instagram acabou forçando o atual número 1 do mundo a se defender. Ele usou as redes sociais para se esquivar das polêmicas e das acusações que tem recebido, afirmando que em momento nenhum tentou convencer as pessoas a seguirem suas crenças.

“Gosto de repetir isto cada vez que faço uma ‘live’, pois é importante que as pessoas percebam: isto é apenas a nossa percepção da vida, na qual compartilho nossas experiências. Sou abençoado por ter a oportunidade de convidar pessoas fantásticas para dividir suas experiências”, afirmou o sérvio, criticado principalmente após dar espaço ao ‘guru’ Chervin Jafarieh.

Um dos convidados de Djokovic para falar nas transmissões, Jafarieh é um corretor de imóveis sem licença médica que falou sobre as propriedades moleculares da água, que podem ser alteradas pela energia das pessoas. Isso acabou causando a revolta de alguns, como o jornalista australiano Simon Briggs, que publicou uma coluna detonando o sérvio.

“Espero que as pessoas possam ouvir as ideias e se identificarem e inspirarem com elas. Não estou pregando nada. Quero repetir isso quantas vezes que for preciso”, argumentou o número 1 do mundo, que também já falou ser contrário à vacinação obrigatória.

Comentários
Loja - livros
Suzana Silva