Notícias | Dia a dia
Lendl diz que Grand Slam vai definir maior do Big 3
09/05/2020 às 16h00

Melbourne (Austrália) - O debate sobre quem é o maior de todos os tempos segue acirrado, com o suíço Roger Federer, o espanhol Rafael Nadal e o sérvio Novak Djokovic disputando a preferência da maioria. Oito vezes campeão de Grand Slam, o tcheco naturalizado norte-americano Ivan Lendl acredita que justamente essas maiores conquistas é que definirão o vencedor.

“A disputa entre quem é considerado o melhor de todos os tempos na Era Aberta está entre Novak, Rafa e Roger”, afirmou o ex-número 1 do mundo em entrevista ao Canal 9 na Austrália. Lendl ainda destaca que prefere dividir os tempos de profissionalismo e amadorismo, apontando o australiano Rod Laver como o melhor antes da Era Aberta.

Sobre a disputa atual, ele coloca o suíço na frente por causa de seus 20 Slam.“Tudo o que você pode dizer no momento é que Roger está liderando a corrida, mas ela ainda não terminou. Somente quando os três se aposentarem é que veremos o fim desta disputa, podendo assim julgá-la mais precisamente”, analisou.

“Você tem que apontar Roger como o melhor no momento, mas não posso colocar um ponto final. Como Djokovic e Nadal são mais jovens e têm mais tempo para jogar, muita coisa pode acontecer. Essa será uma corrida infernal a seguir”, complementou o tcheco naturalizado norte-americano

Lendl ainda fez uma ressalva sobre sua análise e disse que conta apenas o que cada um faz dentro de quadra, nada além disso. “Quem é o mais popular é uma coisa, mas quem é o maior não deve ser julgado pela popularidade”, finalizou o ex-tenista profissional, que completou 60 anos em março de 2020.

Comentários
Loja - livros
Suzana Silva