Notícias | Dia a dia
Djoko e Sharapova falam de exercícios na quarentena
06/05/2020 às 20h04

Marbella (Espanha) - Na conversa entre Novak Djokovic e Maria Sharapova transmitida ao vivo pelo Instagram, a rotina de exercícios e vida saudável deu o tom do bate-papo de pouco menos de uma hora. Os dois comentaram um pouco sobre o que têm feito para manter a forma física mesmo de casa.

Mesmo disposta a abraçar novos projetos de vida depois de encerrar sua carreira profissional deste ano, Sharapova sente que precisa adiar alguns planos por conta das restrições de isolamento impostas pela pandemia. "Eu estava pronta para fazer essa transição [após parar de jogar], mas está sendo diferente do que pensei que seria por causa do que todos estamos enfrentando hoje em dia".

A agora ex-jogadora russa não quer voltar à uma quadra de tênis tão cedo, mas não deixou de fazer exercícios, por mais que seja difícil encontrar motivação. "Meu pai me disse: 'Você não quer ir na nossa quadra e bater uma bola?' E eu disse 'não, não e não!' Ontem à noite, fiquei pedalando na bicicleta ergométrica a 172 batimentos cardíacos, mas eu pensava 'Por que estou fazendo isso?'".

Djokovic, que aos poucos tenta voltar aos treinos em quadra, mantém alguns exercícios para manter o corpo e a mente ativos. "Quando você é atleta e está acostumado com essas coisas. É parte integrante do seu dia. Então, é quase impossível pensar em dias em que você não está fazendo alguma, mesmo que seja alongamento, ioga, seja o que for. Eu tenho tentado fazer isso. Mas houve alguns dias em que simplesmente não pratiquei muita atividade física. E está tudo bem".

A evolução física e mental do sérvio ao longo de sua carreira foi destacada pela russa. "É realmente admirável ver você evoluir ao longo dos anos, porque no início de sua carreira, você lutou muito com seu corpo e sofria com a duração das partidas. Ver você fazer essa transformação é uma das coisas que eu amo nesse esporte", explicou a vencedora de cinco títulos de Grand Slam.

Comentários
Raquete novo
Suzana Silva