Notícias | Dia a dia
'Vejo 2020 praticamente perdido', afirma Nadal
05/05/2020 às 10h37

Manacor (Espanha) - O espanhol Rafael Nadal se mostrou bastante pessimista com relação ao futuro da temporada de 2020. Programado para voltar em 13 de julho, o circuito pode ficar mais um mês parado e só retornar em agosto, mas para o atual número 2 do mundo, apenas no ano que vem é que o tênis poderá retomar suas competições.

“Infelizmente já estou pensando em 2021, estou mais preocupado com Australian Open do que no final desta temporada. Acho que 2020 está praticamente perdido e agora minha esperança é que possamos voltar no próximo ano”, disse o canhoto de Mallorca em entrevista ao El País.

Nadal lamentou o fato de não poder sequer treinar, mas disse entender perfeitamente que a situação é maior do que seu tênis. “Não fico desapontado porque ninguém está errado. Eu entendo que você não pode treinar, estamos em um momento em que tudo é muito delicado”, comentou o espanhol, que preferiu não tomar posição mais forte.

“Qualquer comentário ou mensagem que você dá acaba sendo politizado e aqueles que se sentem atacados o levam a mal. Sou mais um cidadão que paga seus impostos e por isso tenho o direito de comentar. Parece que há um momento em que você não pode falar que tudo se torna político”, observou.

O espanhol também se mostrou reticente sobre os aprendizados que teremos após a pandemia causada pelo coronavírus. “Os seres humanos têm uma grande capacidade de adaptação, mas também têm uma grande capacidade de esquecimento. Às vezes esquecemos as coisas ruins. Só espero que tudo isso seja um aprendizado, mas infelizmente receio que em breve voltaremos a reclamar de qualquer bobagem”, finalizou Nadal.

Comentários
Loja - livros
Suzana Silva