Notícias | Dia a dia
Nalbandian diz que revés de Federer era limitado
04/05/2020 às 09h41

Buenos Aires (Argentina) - Aposentado do circuito desde 2013, o argentino David Nalbandian foi um dos principais rivais de Roger Federer na primeira metade da carreira do suíço, somando oito vitórias e 11 derrotas. Em uma ‘live’ no Instagram, ele relembrou um pouco dos confrontos com o dono de 20 títulos de Grand Slam e falou sobre suas estratégias contra ele.

“Quando jogava contra Roger, sabia que ele me mataria com saques e a direita, mas também conhecia seus defeitos. Seu revés era mais limitado do que é hoje, pois encontrou regularidade”, disse o argentino, um ano mais novo que Federer.

“No início, a esquerda dele não era nada consistente. Ou saiam madeiradas ou a bola ficava muito curta. Eu achava que era impossível perder no começo de nossas carreiras porque ele tinha esse ponto fraco. Em terra batida não aguentava bater três esquerdas seguidas contra mim e na primeira vez que o enfrentei em Monte Carlo (2002) venci por 6/2 e 6/1”, rememorou Nalbandian.

O argentino levou a melhor nos cinco primeiros duelos com Federer, mas depois disso só venceu três dos 14 confrontos seguintes. Uma das vitórias veio na final da Masters Cup de 2005, com uma incrível virada em cinco sets.

“Tive azar nos tiebreaks, poderia ter vencido aqueles dois sets, mas acabei perdendo ambos. O fato de tê-lo vencido tantas vezes antes me fez tirar sua imagem de ídolo e encará-lo como mais um. Ele sabia que eu poderia derrotá-lo, não era um confronto de qual nome era maior e sim de qual era melhor naquele dia”, contou Nalbandian, que bateu o suíço naquele jogo por 6/7 (4-7), 6/7 (11-13), 6/2, 6/1 e 7/6 (7-3).

Comentários
Loja - camisetas
Arena BTG